Na madrugada de domingo (03) uma equipe da Policia Rodoviária Federal realizou uma abordagem a um veículo na BR-376 no perímetro urbano de Jandaia do Sul onde foi encontrado uma arma que foi roubada de um tenente na cidade de Apucarana.

O veículo GM/Cruze com placas de Jandaia do Sul foi abordado no KM 215, a equipe deu voz de abordagem ao veículo que de pronto atendeu parando o veículo, após parar dois indivíduos que estavam no banco de traz saíram correndo sentido ao bairro Vila Rica.

O condutor que ficou no veículo recebeu a ordem de sair do veículo, o mesmo obedeceu a equipe, em revista ao veículo foi encontrado no banco de trás uma pista PT Taurus .40 modelo 24/7N serie SKY 52566 com o brasão da Policia Militar e mais um carregador com três munições intactas .40 marca CBC.

Ao ser questionado, o motorista relatou ser taxista e que teriam ligado no ponto de taxi para efetuar uma corrida até o centro de eventos, mas em seguida entrou em contradição dizendo que o vulgo Ricardinho teria ligado em seu celular informando que estaria aguardando na frente da residência da mãe dele (motorista).

Diante dos fatos o veículo e condutor foram encaminhados até a Delegacia de Polícia para procedimentos, após chegarem na Delegacia o celular do taxista tocou sendo uma chamada de um número privado, o policial orientou ao taxista que atendesse a ligação com o viva-vos momento este que a pessoa do outro lado da linha perguntou “Onde você está? Vem buscar a gente, estamos aqui perto do centro de eventos”, quando o Policial tentou dialogar com a pessoa o mesmo desligou, na sequencia o celular toca novamente e a pessoa fazendo uma voz forçada perguntando onde o taxista estava, quando o mesmo disse que estava na Delegacia a pessoa desligou imediatamente.

Os Policiais perceberam que o taxista estava mentindo e deram voz de prisão ao mesmo por posse de arma de fogo, o taxista já tem passagem pela Polícia.